Versão Impressa

Jornal A Hora

Eu curto

Publicada em 17/06/2017

Pedaladas, pra que te quero

Bicicleta é coisa séria para Frederico. O cara sai com duas rodas pelo menos três vezes por semana, como distração
Bicicleta é coisa séria para Frederico. O cara sai com duas rodas pelo menos três vezes por semana, como distração

O fotógrafo Frederico Sehn está cada vez mais envolvido com a sua bike. O que começou como um hobby, ainda criança, se transformou em rotina. Dependendo do destino, ele prefere nem tirar o carro da garagem e sai mesmo é sobre duas rodas. Fora os trajetos para compromissos, ele pedala pelo menos três vezes por semana, como distração.

A inspiração foi o exemplo do irmão, Paulo, que sempre gostou de andar de bike. Fred decidiu acompanhar ele em alguns passeios e se encantou pela liberdade aliada à prática de exercício físico. “Vi que fazia muito bem para meu irmão e testei. É uma maneira eficaz de amenizar o estresse”, revela. A melhor parte é chegar ao destino, quando vem aquele gosto de dever cumprido e as pernas lembram que a atividade foi puxada.

Paulo (ao fundo) foi a inspiração para Frederico. Passeios juntos são recorrentes
Paulo (ao fundo) foi a inspiração para Frederico. Passeios juntos são recorrentes

O gosto pela bicicleta cresceu a tal ponto que ele sentiu a necessidade de criar um grupo para unir pessoas com o mesmo interesse. “Criei um grupo de ciclismo em Estrela chamado Riders, hoje com cerca de cem integrantes. Agora não dá mais pra largar a bike”, brinca. O roteiro mais longo foi uma saída de Estrela, passando por Lajeado, Forquetinha, Canudos do Vale, Boqueirão do Leão, Progresso e Marques de Souza, ida e volta. Ao final do trajeto, foram percorridos cerca de 120 quilômetros, em pouco mais de oito horas.

A paixão é tanta que ele tem quatro bicicletas. A Mountain Bike, que serve para asfalto e estrada de chão, é a mais usada nas pedaladas; a Tandem, bike para duas pessoas, é um projeto dele mesmo e serve para diversão com amigos em trajetos mais curtos; a Monark 77, original, é item de colecionador e está à venda; e a Speed Super Monark 10, serve de decoração na sacada.

Antes da atividade, Frederico afirma que não pode faltar um bom alongamento de pernas, costas, pescoço e braços. A segurança fica garantida com o uso de capacete, luvas e iluminação específica. Os destino dos próximos passeios ainda não foram decididos.

Notícias relacionadas
Encantado

Rodeio bate recorde de participantes

Grupos tradicionalistas do estado participaram do evento sediado pelo Anita Garibaldi

Lajeado

Segunda edição do Desfile de Moda Inclusiva ocorre hoje

Modelos com e sem deficiência dividem a passarela, mostrando que a inclusão é uma tendência que veio para … Leia mais

Encantado

Fogo simbólico da pátria chega a Encantado

Solenidade de recebimento da chama foi realizada em frente à câmara de vereadores