Versão Impressa

Jornal A Hora

lajeado

Publicada em 31/08/2017

Lajeadense é selecionada para trabalhar na Disney

Bruna Karsten Bellin, 21, vai trabalhar em restaurantes e lanchonetes de Orlando durante o período de férias

Crédito: Divulgação Bruna foi selecionada para trabalhar durante as férias em Orlando. Ela já viajou à Disney duas vezes: em 2013 e em 2015
Bruna foi selecionada para trabalhar durante as férias em Orlando. Ela já viajou à Disney duas vezes: em 2013 e em 2015

Passar as férias na Disney e ainda receber por isso. A lajeadense Bruna Karsten Bellin, 21, conseguiu. Ela está entre as centenas de brasileiros selecionados para trabalhar durante a alta temporada em um dos parque mais visitados do mundo.

De 27 de novembro a 1º de fevereiro, a estudante de Engenharia da Produção da Universidade Federal de Santa Maria assume atividades operacionais em Orlando. Foi selecionada para uma vaga que envolve trabalhar em restaurantes, lanchonetes ou em carrinhos de sorvete e pipoca nos parques e resorts.

Serão no mínimo 30 horas semanais e com acesso liberado ao parque nos dias de folga. Além da remuneração, receberá transporte gratuito até o trabalho. A hospedagerm será em um condomínio onde ficam todos os temporários.

Mesmo já tendo viajado ao parque duas vezes com a família, a estudante está entusiasmada com a oportunidade.“Vou conviver com pessoas de vários lugares do mundo. Tenho certeza que essa troca de experiências me agregará muito, tanto que não vejo a hora de ir”.

E o que não falta é apoio. “Minha família me incentivou desde o início desse sonho. Todos reconhecemos que se trata de uma grande oportunidade, não só de amadurecimento e aperfeiçoamento pessoal quanto profissional, mas, acima de tudo, de uma experiência de vida.”

O processo seletivo também abrange outras posições de trabalho, como vendedor de loja, recreacionista infantil, na limpeza de parques e resorts e de acompanhante dos personagens em aparições, ou até mesmo de intérprete de personagens que não têm o rosto exposto, como Mickey, Minnie e Pluto.

Nas duas primeiras semanas, Bruna participará de treinamentos e palestras de ambientação. Nesse período, os funcionários aprendem sobre os valores da empresa, as Four Keys (quatro chaves): segurança, eficiência, show e cortesia. “A Disney, além de ser a maior empresa de entretenimento do mundo, é referência em atendimento ao cliente, visto que todos os dias milhares de pessoas vivenciam experiências mágicas e realizações de sonhos”, comenta.

Seleção

O processo de seleção começou em maio e só neste mês os aprovados foram divulgados. A primeira parte foi conduzida pela agência de intercâmbio STB. Este ano, foram abertas pouco mais de 3, 5 mil vagas para a fase inicial, com palestras em São Paulo, Florianópolis, Brasília, Belo Horizonte e Fortaleza. Bruna viajou a SP para as duas primeiras etapas.

A palestra inicial foi ministrada por funcionários do STB e aborda os passos do programa, posições de trabalho e custos do intercâmbio. As entrevistas também foram feitas por funcionários da agência, em inglês. Bruna ainda está ajustando os detalhes, mas sabe que terá que desembolsar para pagar uma taxa do programa, além de aluguel, condomínio, passagem e visto de trabalho.

A segunda fase foi uma entrevista individual e em inglês com os recrutadores da Disney, em São Paulo. A média de aprovação é de 400 candidatos, que são selecionados e alocados nas possíveis posições de trabalho e embarcam em datas escolhidas pela Disney.

Gesiele Lordes: [email protected]

Notícias relacionadas
Social

Sociedade, cultura e entretenimento

Experiências únicas O casal Maurício Sussenbach de Abreu e Daniela de Abreu recepcionou amigos e … Leia mais

Faça você mesmo

Organizador feito com latas 

Que tal reaproveitar aquelas latas de alumínio que iriam para o lixo? Siga o passo a passo e monte um … Leia mais

Comportamento

O ninho não está mais vazio

Jovens pertencentes à geração Y permanecem mais tempo morando com os pais e garantem mais anos de estudos