Versão Impressa

Jornal A Hora

Internacional

Publicada em 22/09/2017

Winck é baixa para jogo contra o Náutico

Jogador sentiu dores na coxa e não viajou a Pernambuco

Crédito: Ricardo Duarte/Internacional Com dores na coxa esquerda, Winck dará lugar a Alemão na partida de amanhã diante do Náutico
Com dores na coxa esquerda, Winck dará lugar a Alemão na partida de amanhã diante do Náutico

Mais uma baixa para Guto Ferreira. Com dores na coxa esquerda, Cláudio Winck ficou fora da delegação do Inter que viajou a Pernambuco ontem e será desfalque contra o Náutico, amanhã, em Caruaru, pela 25ª rodada da Série B.

Winck levou uma pancada em uma dividida com Saulo durante a vitória por 3 a 0 sobre o Figueirense no sábado. Precisou ser substituído no intervalo por Alemão. O lateral-direito até participou do treinamento na terça-feira, mas voltou a sentir a contusão e ficou ausente das atividades no resto da semana.

Além de Winck, Guto não terá D’Alessandro e Klaus. O capitão cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo, enquanto o zagueiro passou por cirurgia no punho esquerdo.

Guto Ferreira já definiu o time que irá a campo contra o Náutico. Sem contar com Cláudio Winck, Alemão será o titular da lateral-direita, com Felipe Gutiérrez na vaga de D’Alessandro. O Inter irá a campo com: Danilo Fernandes, Alemão, Ernando, Víctor Cuesta, Uendel, Rodrigo Dourado, Edenílson, Felipe Gutiérrez, William Pottker, Eduardo Sasha e Leandro Damião.

O Inter é o vice-líder da Série B, com 45 pontos, 3 atrás do líder América. Porém, caso supere os pernambucanos, retoma o topo da tabela, já que terá 14 vitórias, contra 13 dos mineiros. O Náutico é o penúltimo colocado, com 20.

Beira-Rio terá novo setor sem cadeiras

Em um futuro próximo, o Beira-Rio ganhará um setor sem cadeiras, onde os torcedores poderão torcer em pé. O projeto, que é reivindicado por parte da torcida e foi confirmado pelo presidente do Inter, Marcelo Medeiros, ainda é estudado e talvez necessite de obras para ser viabilizado.

Neste momento, há uma pequena área sem cadeiras no Beira-Rio. Ela fica atrás de uma das goleiras e a capacidade é para cerca de mil torcedores. O projeto é ampliá-la para quatro a sete mil pessoas. No lugar dos assentos, seriam instaladas barras de contenção. Além disso, como aumenta a capacidade geral do estádio, é preciso fazer novos estudos de evacuação de público em emergências, de prevenção de incêndio e de segurança em geral. Talvez seja preciso alterar a altura dos degraus da arquibancada, já que as pessoas estarão em pé.

O plano é finalizar o projeto e aprová-lo junto às autoridades ainda em 2017. Assim, seria possível ter o setor sem cadeiras no Beira-Rio funcionando já no próximo ano.

Caetano Pretto: [email protected]

Notícias relacionadas
Internacional - Reforço

Inter contrata promessas do Salgueiro

O Internacional finalizou a contratação do atacante Álvaro, 20, do Salgueiro, de Pernambuco. O jogador … Leia mais

Retorno

Luan enfrenta o Corinthians

Partida de hoje pode diminuir em 6 pontos a diferença entre as equipes

Liga Gaúcha

Complicou

Alaf perdeu partida de ida das quartas de final por 4 a 2