Versão Impressa

Jornal A Hora

Evento

Publicada em 07/10/2017

Debutantes: momento único e que se replica na vida

Mais do que se preparar para a festa, meninas dividem expectativas e se transformam em uma grande família

Taís Maia ensaia a valsa. Treinamentos semanais garantem que apresentação seja impecável
Taís Maia ensaia a valsa. Treinamentos semanais garantem que apresentação seja impecável

Há mais de seis décadas, o Baile de Debutantes do Clube Tiro e Caça celebra a apresentação de jovens meninas à sociedade. Em uma noite de muita emoção, elas usam vestido de gala, dançam valsa com seus pares e pais e contam com a presença da família como testemunha do momento sublime. O evento ocorre neste sábado, 7, no Salão Social.

Preparar as garotas para uma apresentação impecável na passarela não é tarefa fácil. A mestre em Design Josi da Costa Schmitt é a responsável por garantir que elas se apresentem como “princesas”. Josi está à frente da preparação das debutantes desde 2014 e conta que a cada ano o desafio é diferente. Ela confirma que ter aceito a oportunidade foi uma das escolhas mais acertadas na vida. “Essa experiência me enriquece como pessoa. Aprendo muito com elas, nos tornamos uma grande família”, garante.

Família é uma palavra que define bem o grupo de meninas. Depois de meses ensaiando juntas e trocando confidências, elas ficam bastante próximas. Para a festa, aprendem a se equilibrar – e dançar – com salto. As coreografias são criadas para o baile e elas se apresentam com seus pais, seus pares e em um momento só delas, em conjunto.

Além do aprendizado para a noite de gala, Josi ensina hábitos que as meninas levarão para a vida toda. Aulas de etiqueta contemporânea, lições de como se portar à mesa e usar talheres e dicas para aproveitar o potencial individual são outros acertos. O convívio harmonioso entre elas é um assunto recorrente.

Valsa é momento mais esperado

A coreógrafa Taís Maia é responsável pelos ensaios da valsa. Ela conta que são preparadas três coreografias: uma para as meninas dançarem com os pais, outra com os pares e uma para a apresentação só delas, de forma coletiva. Elas começam a aprender os passos dois meses antes do evento, com uma aula por semana.

“A preparação é feita com aulas específicas dos passos a serem dançados dentro da coreografia, de exercícios de postura, desinibição e expressão corporal”, conta. A coreografia de dança foi implatada faz quatro anos e a cada edição é aguardada com muita curiosidade. “É o ponto principal da noite”, define Taís.

Notícias relacionadas
Faça você mesmo

Transforme seu tapete em uma peça antiderrapante

Poucas coisas são tão chatas – e até mesmo perigosas – no lar quanto um tapete que derrapa quando voc… Leia mais

Lajeado - Boa causa

Slan promove show beneficente

Evento artístico ocorre amanhã e busca angariar fundos para instituição

Social

Sociedade, cultura e entretenimento

Últimos compromissos A agenda intensa de ensaios, oficinas e atividades preparatórias das debutantes do CTC … Leia mais