Versão Impressa

Jornal A Hora

Moda

Publicada em 04/11/2018

À moda de Snape

Estilista lajeadense ganha prêmio no 14° Colóquio de Moda, no Paraná

“Controle suas emoções e discipline sua mente” é o que diria o icônico personagem Severo Snape, da saga Harry Potter, à então estudante de Design de Moda da Univates, Bianca Käfer. Ela assumiu o desafio de unir em um trabalho de conclusão de curso a profissão de estilista com a paixão de infância pelos livros e filmes de J.K. Rowling.

Aprovada com excelência pela banca avaliadora, não esperava que sua coleção a levasse até um prêmio na área da moda.

O trabalho final, batizado de Moda, Luz e Trevas: a linguagem ambígua de Severo Snape por meio da construção do figurino, chamou a atenção da orientadora de Bianca, a professora e coordenadora do curso, Josiane da Costa.

“O caso da Bianca foi de um trabalho que teve, além de uma grande pesquisa em uma área muito importante para o Design de Moda, que é a semiótica, muito amor envolvido, visto que ela é profunda admiradora da saga Harry Potter”, afirma. Josiane incentivou a aluna a enviar o artigo para o 14º Colóquio de Moda, principal evento acadêmico do país no segmento.

Aceito pela comissão do colóquio, Bianca encarou o desafio de ir até o Paraná apresentar a coleção de moda, desenvolvida e inspirada em Snape, um dos mais complexos personagens da saga. A análise levou em conta fatores que passavam pelo visual, histórico, atitudes, temperamento e personalidade. “Sou apaixonada pelos segredos que a autora esconde ao longo da trama. Levei em consideração também a capacidade comunicacional da moda, os princípios e elementos do design”, explica.

Além da representação simbólico-visual de Snape, a coleção ainda reforça um dos mais importantes ensinamentos do personagem na saga: ambiguidade entre o bem e o mal existe em qualquer ser humano, feito de fraquezas e de complexidade.

A diplomada concorreu com outros 11 participantes, e foi premiada como melhor trabalho de iniciação científica, na categoria Figurino. Para Bianca, ir ao congresso e ser premiada lhe proporcionou a sensação de dever cumprido. “Compreendi que, quando colocamos amor e dedicação em algo, não existe razão para ter medo de tentar e não ser boa o suficiente, apenas coragem para arriscar e, quem sabe, se surpreender com o resultado”, comenta.

Luz e escuridão

Quem assistiu aos filmes já sabe, é difícil compreender com certeza qual o lado de Severo Snape. Ele, que tem um visual sombrio e intrigante, ajuda Harry Potter ao mesmo tempo em que transita nos terrenos inimigos. “Snape é um personagem muito completo e, ao descobrir que era um personagem bondoso que apenas se escondia em uma armadura de seriedade, me apaixonei ainda mais por sua complexidade”, enfatiza.

Para simbolizar os dois lados de Snape, Bianca escolheu duas cores de contraste. “Fiz uma leitura dele e utilizei o preto e o branco em roupas estilo hi-lo, a fim de traduzir a ambiguidade do personagem”, conta.

O estilo hi-lo, que mistura peças chiques ao conforto de roupas do dia a dia, intensificou ainda mais os contrastes da personalidade e trajetória de Snape. “Para demonstrar que ele era uma pessoa do bem, utilizei as luzes de LED para simbolizar a questão de que sempre se pode encontrar uma luz na escuridão. Toda vez que alguém estiver em um momento obscuro da vida, ainda temos com acender luzes”, revela.

A utilização de luzes de LED em roupas foi novidade no curso de Moda da Univates. “Ninguém tinha usado isso ainda e serviu para trazer um dos principais elementos dos filmes, a magia”, se orgulha.

Apoio da família

A relação de Bianca com os filmes de Harry Potter, que começou na casa dos tios, acabou tendo seu ápice também naquele espaço. Ao receber a notícia do aceite do trabalho para o colóquio, Bianca cogitou não ir a Curitiba apresentá-lo. “É uma viagem longa e estava com pouco dinheiro para as passagens naqueles dias”, relembra.

Na casa dos tios, que souberam do destaque dela, a jovem foi mais do que incentivada, foi acompanhada por um dos primos, Matheus Sonntag Wiebelling, no trajeto de ônibus até o Paraná. “Aprendi com Harry Potter que uma das melhores coisas da vida é o amor e encontramos isso verdadeiramente somente na família e nos nossos amigos. Agradeço a todos que de alguma forma se envolveram”, finaliza.

Notícias relacionadas
arroio do meio

Cidade prepara atrações para celebrar 85 anos

Escolha das Soberanas, SportFest e Semana do Empreendedorismo integram programação de aniversário

FIM DE SEMANA NO VALE

Humor e arte são atrações

Comediante na Rádio Atlântida se apresenta em Lajeado. Arte na Rua é destaque em Teutônia

TeutoFrangoFest

Evento inicia hoje com expectativa de reunir 3 mil pessoas

Caravanas de fora da região devem elevar público neste ano. Haverá até casal passando lua de mel na festa … Leia mais