Versão Impressa

Jornal A Hora

A Hora da Criança

Publicada em 26/12/2018

Rocky e a turma C

Desvendando os mistérios do galinheiro

1

Os alunos da Turma C, da Escola Municipal de Educação Infantil Fazendo Arte, de Lajeado, junto com a professora Juliana Schonarth e a monitora Jaqueline da Silva, participaram do Programa A União Faz a Vida, da Sicredi, que tem como metodologia a educação cooperativa.

Em um encontro de estudos com as assessoras pedagógicas Elisabete Penz e Janice Schmitt, foi conversado sobre o projeto que foi desenvolvido a partir do interesse e das curiosidades que eram apresentados diariamente pelas crianças: os animais.

Como era um tema amplo, pois existem várias e distintas espécies, pensaram em escolher apenas uma. Optaram pela galinha, um animal que faz parte da vida dos alunos de diferentes formas, mesmo que a maioria não tenha tanto contato porque reside na zona urbana.

Iniciando o projeto

Tudo começou com um passeio surpresa. As professoras apenas contaram à turma o nome do local a ser visitado, a Granja Cageri, e então questionaram: “O que será que encontraremos lá?”. Cada um deu a sua opinião. O curioso é que todos falaram o nome de algum animal, porém, ninguém mencionou a galinha.

2

O que despertou maior apreço

Em uma atividade anterior, as crianças foram à agropecuária comprar um pintinho que visitou a casa de cada um. Eles deram o nome de Rocky. Essa foi a situação de aprendizagem mais apreciada pela turma e elogiada pelas famílias, que destacaram a importância de estimular, desde pequenos, o respeito e o cuidado com os animais.

O inusitado

“Nosso pintinho Rocky não resistiu, ele morreu em uma das visitas. A família acredita que foi em função do temporal, pois ficou assustado”, contam as professoras. Então, antes de retornarem à escola, compraram outro Rocky e um irmãozinho, pois descobriram que é importante não deixar o animal sozinho. Em aula, na roda de conversa, a aluna contou aos colegas o que acontecera e então apresentou os novos amigos da turma: Rocky e Roll. Eles compreenderam e gostaram da ideia de ter mais dois.

3

Aprendendo ainda mais

Os alunos também ouviram e conversaram sobre diferentes curiosidades referentes ao assunto. Eles assistiram a vídeos, conheceram um pouco a vida da galinha de granja e a que é criada em chácara. Em seguida, realizaram tarefas em casa, produzindo uma receita utilizando os ovos que ganharam de presente da Granja Cageri (que foi filmada pelos familiares e depois socializada em aula).

Além da comida gostosa, os pequenos também fizeram trabalhos de pintura e a releitura da obra O Ovo Urutu, de Tarsila do Amaral. Confeccionaram um pintinho com meia-calça e jornal, ouviram histórias e tiveram contato, percebendo a diferença do ovo cru, cozido e frito. “As crianças também descascaram ovos, fizeram e degustaram merengue”, relembra Juliana.

Viagem de estudos

Como culminância do projeto, a turma visitou um sítio localizado em Cangerana, Canudos do Vale. Lá tiveram contato com diferentes tipos de galinha e puderam alimentá-las, além de conhecer e observar outros animais que lá viviam.

Notícias relacionadas
País

Pisa 2018: Brasil apresenta leve melhora, mas segue mal em comparação internacional

País ficou entre os 10 piores em matemática no Programa Internacional de Avaliação de Estudantes

Educação

Alunos e professores protestam em defesa da educação

Manifestação no IEEEM, de Estrela, começou na tarde desta segunda-feira com iniciativa dos estudantes

Educação

Escolas realizam protestos na manhã de hoje

Atos são contrários à reforma do funcionalismo proposta pelo governo estadual