Versão Impressa

Jornal A Hora

Arq Ideias

Publicada em 10/08/2019

Primeiro apartamento

Dicas essenciais para decorar a primeira morada

Crédito: Luís Sérgio Couto Sala

Na vida adulta, uma das grandes expectativas é a compra do primeiro apartamento. Montar o seu próprio imóvel do zero pode ser ao, mesmo tempo, divertido e desafiador. Para que tudo saia perfeito é importante ter algumas informações básicas em mente.

Escolher a decoração da casa pela primeira vez não é uma tarefa fácil. Encontrar o estilo que mais combina com sua personalidade e ainda pensar no orçamento são só algumas das preocupações. Para ajudar nessa hora de tantas decisões, o designer de interiores Henrique Freneda, do escritório Freneda Interiores, reuniu cinco dicas essenciais a seguir durante essa empreitada.

1. Personalidade do morador

Seja clássico, moderno, sofisticado ou descolado, o essencial é dar uma vestimenta para o apartamento ou casa. O designer de interiores conta que seu processo de trabalho consiste em escolher cortinas, tapetes, papel de parede, cor de tinta, objetos decorativos e vasos de plantas, entre outros elementos, que humanizem e tragam vida para os ambientes.

você_11

2. Moderação na decoração

Para não errar no décor, a dica do especialista é moderação. Apostar no estilo minimalista evitará que o morador se arrependa ou enjoe das suas escolhas no futuro. Em relação às cores, Freneda afirma que, se o apartamento for temporário, o melhor é fugir dos tons vibrantes. Os pontos coloridos podem ser incluídos nos itens soltos de decoração, como tapetes, almofadas e papel de parede, que não atrapalhariam a venda mais tarde. O estilo escandinavo, com poucos móveis, linhas retas e tonalidades neutras, é muito utilizado.

3. Produtos de qualidade

Evitar gastos exorbitantes na hora de montar o primeiro apartamento é sempre bem-vindo. Dessa forma, eleger produtos de qualidade é a solução mais coerente aplicada no projeto. Investir em marcas conhecidas e com garantia assegura de que depois de um ano não será necessário fazer alterações urgentes que gerarão novos dispêndios financeiros.

4. Custo benefício

“Não precisa ter apenas dinheiro, pois prevalece o bom gosto”, conta Freneda. Fazer as escolhas certas e utilizar produtos de qualidade protegem o morador de gastos desnecessários.

Consultar um profissional da área evitará desperdícios e garantirá a harmonia dos ambientes.

5. Equilibrar expectativas

Após anos se preparando para este momento, o primeiro apartamento carrega muitas expectativas. O designer conta que sua relação com o cliente é equilibrar ao máximo esse sentimento de forma a evitar frustrações mais adiante. “Ter em mente o que o orçamento pode fazer é o primeiro passo. Aceitar que algumas adaptações de itens mais caros por semelhantes mais baratos surtirá também em um resultado lindo sem trazer prejuízos financeiros ao cliente. Se o sonho de uma parede revestida de madeira rústica não cabe no bolso, por exemplo, optar por um bom papel de parede pode alcançar o visual desejado gastando menos. É preciso ceder”, aconselha.

 

Notícias relacionadas
ArqIdeias

Anuário destaca projetos inovadores do estado

Publicação apresenta mais de 130 projetos arquitetônicos

Moda

Verão com brilho e despojado

A edição trouxe um editorial de moda feminina com indicação de looks certeiros da loja Tribo. As dicas … Leia mais

Expresso Natal

Por detrás do espetáculo

A cada ano, o Natal de Lajeado surpreende. Faz seis primaveras que a chegada do Papai Noel é esperada por … Leia mais