Versão Impressa

Jornal A Hora

País

Publicada em 11/09/2019

Greve nos Correios: 80% dos funcionários paralisaram atividades no Estado

Paralisação foi decretada em assembléia ontem à noite. Em Lajeado, a categoria segue com funcionamento normal

Crédito: Arquivo A Hora Servidores de Lajeado trabalham normalmente
Servidores de Lajeado trabalham normalmente

Na noite de ontem, os funcionários dos Correios do país participaram de assembleias que determinaram greve geral por reposição salarial. A categoria quer impedir a redução dos salários, e se posiciona contra a privatização da estatal, que foi incluída no programa de privatizações do governo. A greve foi decretada por tempo indeterminado. Em Lajeado, a categoria segue com atendimento normal e sem posicionamento sobre a greve.

Conforme o jornal Correio do Povo, no Rio Grande do Sul, a adesão é de 80% no setor de distribuição e entregas, nos atendimentos das agências ainda não há um balanço.

A greve se deve a oferta de reposição salarial que foi de 0,8%, abaixo da inflação de 3,79% do período, redução em vale-alimentação e adicional noturno, além da retirada de familiares como pai e mãe do plano de saúde.

Conforme a assessoria de imprensa dos Correios, ainda não tem um balanço do impacto nas entregas e atendimentos em agências.

Nota oficial

Em nota, a empresa informa que os Correios participaram de dez encontros na mesa de negociação com os representantes dos trabalhadores, quando foi apresentada a real situação econômica da estatal e propostas para o acordo dentro das condições possíveis, considerando o prejuízo acumulado na ordem de R$ 3 bilhões. Porém, “as federações, expuseram propostas que superam até mesmo o faturamento anual da empresa, algo insustentável para o projeto de reequilíbrio financeiro em curso pela empresa. No momento, o principal compromisso da direção dos Correios é conferir à sociedade uma empresa sustentável. Por isso, a estatal conta com os empregados no trabalho de recuperação financeira da empresa e no atendimento à população”.

Fonte: Correio do Povo

Notícias relacionadas
Cidades

Mais três cidades decretam situação de emergência no Vale

Já são nove municípios que assinaram decreto. Sério, Cruzeiro do Sul e Dois Lajeados registram perdas … Leia mais

palavra do artista

“Vou continuar pintando na rua até o fim”

Responsável pela nova identidade visual do Prédio 1 da Univates, o grafiteiro Eduardo Kobra fala sobre sua … Leia mais

Acidente

Ambulância do Samu capota às margens da ERS-129

Fato ocorreu em Encantado na divisa com Muçum. Chovia bastante no momento do acidente