Versão Impressa

Jornal A Hora

Mapa da cidade

Publicada em 03/10/2019

Obra não avança e bairro cobra pista de caminhada

Prometida há mais de uma década, estrutura junto ao campo da Associação Atlética segue inacabada

Crédito: Caetano Pretto Obra está parada há cerca de 20 dias. Atual governo garante retomada após chegada de material
Obra está parada há cerca de 20 dias. Atual governo garante retomada após chegada de material

Há 15 anos, Ademir dos Passos abriu um restaurante no bairro Montanha, na rua dos Cinamomos. Desde que se instalou no local, ouve das autoridades a promessa de que seria construída uma pista de caminhada e uma pracinha junto ao campo pertencente ao Clube da Associação Atlética do Montanha.

O espaço de incentivo à prática de exercícios físicos, contudo, ficou só no papel. A obra é solicitada pela Associação de Moradores do Bairro há pelo menos dez anos, e os pedidos já passaram pelas mãos de três prefeitos diferentes.

Um esboço da pista de caminhadas foi feito no começo do ano, com a colocação de brita no local e parte do meio-fio. Só que o espaço ainda está longe do ideal. “Tem bastante gente que utiliza. Por volta das 6h30min já tem pessoas caminhando ali. Mas quando chove não tem como caminhar, por causa das poças de água”, comenta Passos.

A obra está parada há algumas semanas, conforme Passos. No local, é possível encontrar resquícios da construção, com pedras atiradas em parte da obra. “Para o bairro, seria ótimo essa pista, pois a gurizada pode brincar no final de semana”, comenta.

“Poderia ser muito melhor”

Mariano Kutzner, 88, é aposentado e reside em frente à praça. Reclama que o trabalho é feito em partes, e nunca com a qualidade ideal. “Eles fazem tudo por cima. Deveriam pegar e aprontar tudo de uma vez, deixando o espaço bastante bonito. Fazem um pedaço aqui, outro ali, mas nunca concluem”, critica.
Kutzner também reclama que parte do que já foi feito pelo governo está danificado, o que pode prejudicar a continuidade das obras. “Tem bastante gente que utiliza, mas poderia ser muito melhor. O que tem pronto já está tudo torto. Algumas partes feitas estão quebradas”, aponta o morador.

Governo projeta retomada

A Secretaria de Obras e Serviços Públicos aguarda a chegada do material restante para finalizar a construção da pista. Segundo o titular da pasta, Fabiano Bergmann, os trabalhos estão interrompidos há cerca de 20 dias. Ele garante que a obra será retomada em breve.

“Estamos esperando o pó de brita para continuar os trabalhos. Também estávamos com pouco efetivo disponível. Acredito que na próxima semana, se o tempo firmar, retomaremos a obra. E, em duas semanas, deve ficar pronta”, projeta Bergmann.

O investimento é de cerca de R$ 10 mil e inclui, além do ajuste no traçado da pista, a recuperação da quadra de areia e a ampliação da iluminação pública, com a colocação de refletores e postes.

CAETANO PRETTO – caetano@jornalahora.inf.br

MATEUS SOUZA – mateus@jornalahora.inf.br

Notícias relacionadas
infraestrutura

Pacote de concessões inclui 220 km de rodovias do Vale

Serão concedidos seis trechos que passam pela região. Pacote inclui todas as rodovias que estão sob … Leia mais

Cruzeiro do Sul

Carnês do IPTU de Cruzeiro do Sul começam a ser distribuídos

Os documentos serão entregues nas residências ou podem ser retirados nas agências dos Correios

Arroio do Meio

Evento arrecada verba para construção de igreja

Festa de Santos Reis ocorre há 34 anos na comunidade de Barra da Forqueta