Versão Impressa

Jornal A Hora

Cidades

Publicada em 10/12/2019

Policiais civis gaúchos protestam contra pacote de Eduardo Leite e definem greve

Assembleia geral ocorreu na tarde desta terça-feira, em Porto Alegre

Crédito: Divulgação/Ugeirm Policiais seguiram até a Praça da Matriz em Porto Alegre
Policiais seguiram até a Praça da Matriz em Porto Alegre

Policiais civis do estado realizam assembleia geral em Porto Alegre, na tarde desta terça-feira. A reunião definiu deflagração de greve a partir do dia em que o pacote de reforma na carreira e na aposentadoria, apresentado pelo governador Eduardo Leite, entrar em votação na Assembleia Legislativa.

A decisão foi anunciada pelo Sindicato dos Agentes da Polícia Civil do Rio Grande do Sul (Ugeirm). Após a assembleia, os servidores partiram do Palácio da Polícia, na avenida Ipiranga, por volta das 15h, e seguiram pela avenida João Pessoa e se uniram aos demais servidores estaduais que estão na Praça da Matriz. Segundo o sindicato, cerca de 4 mil policiais integram a manifestação.

Os sindicalistas esclareceram durante a caminhada que o movimento de greve se deve também aos quatro anos de atraso e parcelamento de salários.

 

 

Notícias relacionadas
Previsão do Tempo

Confira como fica o tempo nesta terça-feira

O dia terá o predomínio do sol, porém pancadas de chuva isolada não estão descartadas

ENERGIA ELÉTRICA

Produtores pressionam RGE contra quedas de energia

Comunidades organizam abaixo-assinado para troca de postes e melhorias na rede de distribuição

Estrela

Secretaria de Educação de Estrela seleciona professores

Processo seletivo simplificado visa a formação de cadastro reserva de profissionais para o ano letivo de … Leia mais