Versão Impressa

Jornal A Hora

Opinião

Marcos Nesello Marcos NeselloEmpresário e arquiteto

Publicada em 07/09/2019

As cidades como casas. As casas como cidades

Estamos, hoje, prestes a entrarmos no mês de setembro que, entre os dias 25 e 29 e entre os dias 3 e 6 de outubro, acontece a Construmóbil 2019, feira de construção civil, mobiliário e decoração.
Será mais uma oportunidade de nos aproximarmos como comunidade e debatermos importantes demandas do interesse de nossa cidade. O novo plano diretor está, no momento, no Legislativo, sendo debatido para acertar as arestas e ser colocado em votação. Ao mesmo tempo, um novo parque está surgindo à beira do Rio Taquari, tema desta coluna em 5/5/2019, e pode ser uma oportunidade para lideranças e formadores de opinião construírem juntos um esboço de como este sonho pode começar a se materializar.
Nossa cidade tem uma característica peculiar. No passado, em função da emancipação de algumas localidades, a área do município ficou em 91,16 km². Para termos um parâmetro: Teutônia, Estrela e Arroio do Meio são municípios que possuem praticamente o dobro desta dimensão. Assim, Lajeado hoje é praticamente toda urbana. Isto faz com que tenhamos que cuidar ainda mais do seu traçado e ocupação. Temos que incentivar o comércio nos bairros, planejando sua infraestrutura, mantendo e ampliando suas áreas de parque e áreas verdes.
Quando pensamos em plano diretor, a preocupação é muito mais ampla do que o impacto da edificação no terreno. Temos que ter em mente a quadra que este terreno faz parte e o impacto futuro que a total ocupação pelas edificações irão trazer de densidade populacional e tráfego de veículos. Este pensamento se multiplica no conjunto que constitui a cidade.
Teremos que implementar parcerias público-privadas para acelerar as melhorias que a cidade tanto precisa. Lajeado possui um número elevado de terrenos que podem e devem ser usados como moeda de troca para solucionar ponto a ponto cada uma dessas demandas. Algumas ações neste sentido, me parece, começaram a acontecer. Torço para que o resultado seja positivo para todas as partes e sirva de incentivo para novas ações.
Se nossa cidade já vem se destacando em diversos rankings entre as melhores cidades para se viver, a melhoria contínua possibilitará o incremento deste conceito. Atraindo novos moradores e investidores, que somados à comunidade existente, ajudarão a construir um futuro que teremos orgulho de viver.
Neste espírito, estarei presente na Construmóbil junto com outros colegas de profissão e empresários. Focados na realização deste sonho maior, de transformação do presente, alicerçado pelas ações dos nossos antepassados e preparando o futuro para as novas gerações. Bem-vindos a Lajeado 2040!

Marcos escreve sempre no primeiro fim de semana do mês. Fale com ele: mnesello@hotmail.com

Notícias relacionadas
Cidades

Projeto “Redação nas Ruas” abre 2020 no bairro Centenário

Equipes de jornalismo e do setor de relacionamento do Grupo A Hora ouviram demandas dos moradores na manhã … Leia mais

Cidades

Câmeras ajudam BM a prender homem que furtou moto em Taquari

Veículo estava em processo de desmanche quando foi localizado. Sistema de videomonitoramento ainda está em … Leia mais

Cidades

Resultado de análise descarta poluição do Rio Taquari

Conforme relatório do Fepam, baixo volume do rio pode ter causado ocorrência de espuma branca. Coletas foram… Leia mais