Versão Impressa

Jornal A Hora

Opinião

Rodrigo Martini Rodrigo MartiniJornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Coluna publicada diariamente
Publicada em 08/10/2019

Desarmonia no PSDB

A estrutura da coligação vencedora do pleito de 2016 em Lajeado está fervendo nos bastidores. Nem tudo são flores. Há uma pequena ala dos tucanos reclamando a “falta de voz” dentro do governo comandado por Marcelo Caumo e Glaucia Schumacher, a dobradinha do PP. E a desarmonia é evidente dentro do PSDB entre o presidente municipal da sigla, Carlos Reckziegel, e a única representante do partido na câmara, Mariela Portz. E essa falta de harmonia pode afetar uma eventual campanha de reeleição.

04_AHORA revisaoO estopim dessa crise interna do PSDB ocorreu nessa sexta-feira, quando a parlamentar se encontrou com um dos mais ferrenhos opositores de Caumo – e possível candidato a prefeito em 2020 –, o vereador Carlos Ranzi (MDB). Eles se reuniram pela segunda vez fora do plenário e isso causou furor no presidente tucano, que se posicionou contra tal encontro. A vereadora também se queixa do fato de não ser informada sobre certas decisões governamentais. Entre essas, o mutirão de exames e consultas médicas.

Por outro lado, o presidente municipal da sigla – que também ocupa o posto comissionado de Secretário de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) – se esforça para passar panos quentes na evidente crise. Ele reforça a união entre as siglas e garante que, dentro do PSDB, ninguém está insatisfeito com a parceria e tampouco pleiteando voos maiores para o pleito de 2020. “A princípio o PSDB está do lado do PP. E não está conversando com qualquer partido que seja. A iniciativa (da reunião) é da Mariela Portz, e não do partido”, reforça.

Mas o que causou maior estranheza foi uma nota encaminhada pelo próprio PP logo após a divulgação – neste espaço – da reunião marota e fora do plenário entre Ranzi, assessores do MDB e Mariela. O texto foi encaminhado a este colunista pelo presidente do PP municipal, Natanael dos Santos, e, de certa forma, corrobora com as queixas da vereadora tucana. Conforme o conteúdo, a impressão é que o PP se manifesta em nome do PSDB:

“A reunião em nada contribui para a permanência da coligação. As aventuras e almejos particulares da vereadora não podem ser interpretados como a vontade de ambos os partidos. Ambos estão alinhados em repetir a dobradinha com Marcelo e Glaucia. Se a vereadora acha que tal conduta será vista como forma de pressão ou para valorizar sua presença na executiva, está totalmente equivocada, pois como toda democracia, o consenso vem do grupo e não apenas de sua vontade, antecipada com reuniões unilaterais e sem chancela partidária.”

Algo está estranho neste ninho. Vale lembrar que a mesma sigla – porém com outros representantes na Direção Executiva – já pulou do barco durante a gestão anterior do PP, na época comandada pela ex-prefeita Carmen Regina Cardoso. Os tempos são outros, é bem verdade. Reckziegel garante a união até dezembro de 2020 e reforça que deixar a coligação não faz parte dos planos dos membros da executiva tucana. Mas as cartas estão expostas. E para garantir a necessária harmonia os jogadores precisam sentar à mesa juntos.


2019 10 08_RODRIGO MARTINI coluna Martini_FOTO coletiva construmobilParabéns, Construmóbil!

Entre negócios fechados, prospectados e intenções de crédito junto às instituições financeiras, a Construmóbil 2019 registrou quase R$ 130 milhões em apenas dois finais de semana. Uma prova da capacidade e da força destes segmentos (construção civil, mobiliário, decoração e arquitetura) em todo o Vale do Taquari, e em especial, Lajeado. A próxima feira será presidida pelo experiente empresário, Joni Zagonel. E desde já, um desafio ao prefeito, Marcelo Caumo: melhorar o Parque do Imigrante para receber ainda mais visitantes e empreendedores!


2019 10 08_DIVULGAÇÃO_ COLUNA MARTINI_foto casa faedoSusto no Americano

Na sexta-feira passada, no bairro Americano, em Lajeado, o muro de contenção de uma residência na Rua Capitão Leopoldo Heineck cedeu e diversas pedras gres rolaram durante a forte chuva que assolou a cidade. Os moradores deixaram o imóvel temporariamente para análise dos danos. Ao lado da casa, está em construção um prédio e recentemente foram realizados serviços de escavação no terreno. A foto já viralizou no Estado por meio das redes sociais, com diversas “teses” e eventuais culpados. Tudo muito imaturo. Com maior prudência, as secretárias de Planejamento e de Meio Ambiente avaliam o fato. E felizmente ninguém se feriu.


Proteção social

Em Taquari na semana passada, o secretário da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Catarina Paladini, informou que a Fundação de Proteção Especia voltará a cumprir a função de casa de acolhimento junto à sede do Instituto Agrícola Presidente Duttra (IAPD). E quem está à frente do projeto é a presidente do PL de Estrela, Renata Becker.


Prefeito italiano

O chefe do Executivo de Encantado, Adroaldo Conzatti, vai participar de um encontro da família Conzatti na Itália. A viagem ocorre neste final de semana e não vai gerar custos ao ente público. O prefeito tem uma relação forte com o país europeu e já o visitou em outras oportunidades.


Lei Orgânica

Muito se especulou sobre as possíveis mudanças na Lei Orgânica de Lajeado. Por fim, alguns dos principais pontos ficaram imunes às pressões internas e externas. Entre esses, o número atual de vereadores. Serão 15 parlamentares, número “proporcional à população do município e observado os limites estabelecidos pela Constituição Federal”. Outro item inalterado tem a ver com o Plano Diretor. Assim como já previa a lei, a aprovação da nova legislação “dependerá do voto favorável de dois terços dos membros da Câmara”, e não “maioria simples”, como muitos queriam.


Mobilidade urbana

Será aberto na próxima semana (16/10) o edital de licitação para “contratação de empresa especializada em serviços de assessoria, consultoria e planejamento na área de mobilidade urbana, com a reavaliação do Plano Diretor Participativo Municipal e a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana de Teutônia”. O edital foi retificado diversas vezes e o projeto está orçado em R$ 200 mil.


Morte no mandato

Celso Casagrande, o Celsinho, não resistiu às sequelas do infarto agudo do miocárdio sofrido na madrugada de sexta-feira passada e veio a falecer na madrugada de domingo, dia seis de outubro. Dia, esse, que para muitos é celebrado como o Dia do Prefeito. Uma singela coincidência. Deixo aqui as minhas condolências a todos os familiares, amigos e companheiros de vida e de partido. E desejo que o agora eterno prefeito de Anta Gorda encontre a paz e siga a luz!

RODRIGO MARTINI – rodrigomartini@jornalahora.inf.br

 

 

Notícias relacionadas
Internacional

Inter: todos jogadores à disposição para a estreia

Marcos Guilherme foi o último atleta registrado junto ao BID da CBF

Polícia

BM recupera veículo e prende dupla suspeita do roubo

Crime ocorreu na manhã desta terça-feira. Carro foi recuperado na rua 20 de Setembro, no bairro Moinhos

Divisão de Acesso

Bola volta a rolar na Arena Alviazul

Pré-temporada começa nesta tarde. A partir das 15h, jogadores que moram na região iniciam os treinamentos