Versão Impressa

Jornal A Hora

Opinião

Rodrigo Martini Rodrigo MartiniJornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Coluna publicada diariamente
Publicada em 12/10/2019

Planos e sugestões

A futura reforma da prefeitura de Lajeado precisa alterar o funcionamento do Executivo e reposicionar diversas repartições pela cidade. Entre planos e sugestões, vale citar a realocação de secretarias, a criação de espaços de coworking e até a possível concessão de prédios públicos. O propósito é gastar o mínimo possível e utilizar criatividade e movimentos inovadores para desenvolver soluções. Ao que tudo indica, pode ser mais uma ação paralela ao Pro_Move.

Mas vamos por partes. O primeiro movimento está praticamente definido pelo Executivo. Será a transferência do Departamento de Trânsito. O setor está instalado no subsolo da prefeitura. A ideia é construir uma nova sede, com containers, em um terreno do governo ao lado da Praça da Matriz, na Rua Júlio de Castilhos, hoje mal utilizado como estacionamento da Secretaria de Educação.

Com o subsolo vago, a intenção do prefeito Marcelo Caumo é reformar toda a área e criar um espaço público de coworking no local, disponibilizando internet e outros apetrechos inovadores para o público em geral. Uma proposta ainda embrionária, mas cujo projeto é tratado com empolgação pelo gestor público e certamente terá o aval do Pro_Move. É uma área nobre e central da cidade, próximo à Rota da Inovação, e contaria com o serviço de guarda e vigilância já realizado hoje por uma empresa terceirizada.

De um lado o Departamento de Trânsito deixa o local, de outro as secretarias de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) e de Meio Ambiente (Sema) serão reintegradas ao prédio principal do Executivo. Há certa resistência por parte de alguns agentes públicos, mas o prefeito acerta em cheio ao reagrupar esses dois setores. Afinal, esse excesso de descentralização só gera vantagens para quem aluga salas ao poder público.

Com relação à pasta do Meio Ambiente, hoje localizada no prédio instalado dentro do Parque do Engenho, no bairro Americano, a mudança pode trazer bons frutos para o futuro. Mas não há nada definido por parte do poder público. E sendo assim, cabe aqui uma sugestão: conceder aquela edificação para um empreendimento gastronômico de muito bom gosto, e com capacidade de gerar vida própria para aquela área de lazer. Que tal?


 

Licitação do transporte

A mesma empresa que conseguiu uma liminar suspendendo o edital de transporte público em Lajeado é investigada pelo MP junto com o próprio Executivo. O inquérito civil conduzido pelo promotor de justiça Neidemar Fachinetto verifica “a utilização por particulares de bens imóveis pertencentes ao município”. No caso, se tratam dos terrenos públicos localizados nas ruas São Sebastião e Júlio May, utilizados para lavagem e estacionamento de veículos privados. No dia 27 de setembro – quatro dias antes do mandado de segurança que suspendeu o edital –, o prefeito Marcelo Caumo solicitou a desocupação das respectivas áreas.


Rodovias abandonadas

Na tarde de quinta-feira, membros da Comissão da RS-332 se reuniram com o promotor de justiça, André Prediger, e também visitaram o juiz da 2ª Vara Judicial da Comarca de Encantado, Clóvis Kelermannn. Na pauta, as condições da rodovia no trecho até Arvorezinha. O presidente do legislativo encantadense, Luciano Moresco, criticou o Daer. “A autarquia tem feito de tempos em tempos um serviço de péssima qualidade de tapa buracos, que não resolve nada. É só dinheiro sendo jogado fora”, resume. Eles também cobram melhorias na RS-425, que liga os município de Nova Bréscia e Coqueiro Baixo.


Governança em Teutônia

Na quinta-feira foi lançado o Comitê Municipal de Governança para o Empreendedorismo em Teutônia. Serão três eixos: desenvolvimento e infraestrutura; educação empreendedora; e simplificação e desburocratização. A proposta tem na retaguarda o Executivo, o Sebrae, a CIC e o Colégio Teutônia. Foi exatamente desta forma que se desenhou o movimento Pro_Move, em Lajeado. Diante disso, e com a intenção de acompanhar o evento mundial Smart City Expo World Congress, em Barcelona (ESP), o prefeito teutoniense Jonatan Brönstrup mostra que não pretende ficar para trás!


Empreendedorismo

A 1ª Semana do Empreendedorismo – uma iniciativa do programa Incentiva Arroio do Meio – foi considerada positiva pelo Poder Executivo. Iniciou com palestras e culminou com a entrega de certificados para taxistas, artesãos e empreendedores do Turismo. Mas o grande destaque foi a Rodada de Negócios, com a participação de 38 empresas locais e regionais, com foco no setor metal mecânico – serralherias, metalúrgicas e tornearias – e com o objetivo de prospectar novas oportunidades. Muitas já esperam pela segunda edição do evento!


Situação delicada

O afastamento da coordenadora da Pousada da Criança, em Estrela, precisa ser devidamente investigado pela Justiça. Se comprovadas as graves acusações, será preciso avaliar de forma minuciosa os responsáveis pela indicação da servidora, bem como o mecanismo para tal – a empresa responsável, por exemplo. Por vezes, a escolha política se sobressai à escolha técnica de determinados profissionais. E quanto mais complexo o serviço, maior deve ser o comprometimento e responsabilidade do respectivo gestor público. Ou então, do secretário.

Notícias relacionadas
Esporte

Inter: vale vaga na final da Copa SP

Equipe enfrenta o Corinthians, a partir das 19h15min. Última vez que disputou a final foi em 1998

Arroio do Meio

Evento arrecada verba para construção de igreja

Festa de Santos Reis ocorre há 34 anos na comunidade de Barra da Forqueta

Internacional

Inter: todos jogadores à disposição para a estreia

Marcos Guilherme foi o último atleta registrado junto ao BID da CBF