Edição 08/04/2020 Edição impressa

Terça-Feira08 de Abril, 2020

Ginástica de Trampolim

Reta final de preparação ao Mundial

Equipe da Adesva/Univates terá dois atletas representando o Brasil em Tóquio

Por

Reta final de preparação ao Mundial
Pensar O Vale

A equipe da Adesva/Univates intensifica os treinos e chega na reta final de preparação ao Campeonato Mundial de Ginástica, que será realizado em Tóquio entre os dias 05 e 08 de dezembro. A equipe será representada por dois atletas: Amanda Henckes e Igor Ouriques.
A dois meses da competição o treinamento é diário, em seções de três horas que são realizadas entre segundas e sextas-feiras. Em novembro será ainda mais intenso, com os treinos ocorrendo também nos sábados. “É uma prepação anual e que agora está mais intensa. Nossos treinos e planejamentos são realizados por blocos semanais. Cada semana treinamos uma capacidade física. Vamos variando os treinos para que eles possam chegar na competição com a parte física e técnica plenamente trabalhada”, comenta o treinador da equipe, Marcos Minoru Otsuka.
Segundo Minoru, a meta é que os atletas terminem a competição entre a 40ª e a 30ª posição. No último Mundial, em São Petersburgo, na Rússia, terminaram entre os 50 melhores. “A cada ano focamos em uma posição melhor. Esperamos que eles possam cumprir a série deles, e que com isso consigamos atingir nossa meta.”
A preparação consiste em trabalhar os aspectos físicos, técnicos e mentais dos atletas. Amanda e Igor precisam estar fortes o suficientes para conseguir cumprir a rotina técnica. Em relação ao mental, Minoru acredita que o principal atenuante é o fato do Mundial ser a única competição na qual os dois participarão a nível internacional. “O nervosismo sobe a taxas elevadíssimas que precisam ser controladas na hora da competição”, avalia o treinador.
Para fazer uma boa competição, a equipe leva como exemplo as outras participações no Mundial. “É recompensador saber que nós aqui de Lajeado conseguimos ter atletas a nível mundial em uma modalidade extremamente difícil e complexa. Saber que estamos entre os melhores do mundo faz com que consigamos perseverar cada vez mais nessa busca por bons atletas e bons trabalhos”, finaliza Otsuka.

2019_10_08_Arquivo_Pessoal_Ginastica_2A missão de represenar o Brasil

A ginasta Amanda Luísa Henckes, 19, irá participar na modalidade trampolim individual. Como meta pretende melhorar suas séries e a classificação da última edição, quando terminou no 36º lugar. “Ano passado era tudo novo. Eu não sabia como eram os treinamentos e não tinha a ideia do que era representar o Brasil internacionalmente. Hoje acredito que o meu psicológico está mais preparado. Mesmo assim, sei da responsabilidade que é carregar o nome de nosso país em uma competição como essa”, comenta a atleta.
Já Igor Heineck Ouriques, 15, competirá no duplo mini trampolim e no trampolim individual. “Espero, assim como no ano passado, obter novas experiências e aprendizados. Minha maior expectativa é acertar as séries, dando o meu melhor, não importa a classificação final”, comenta.

Verba alcançada através do Pró-Esporte RS

A verba necessária para financiar a viagem até o Japão foi conseguida através do Pró-Esporte RS, lei de incentivo ao esporte do Governo do Rio Grande do Sul, que prevê a captação de recursos através de benefício fiscal de empresas contribuintes de ICMS. A equipe tem como principal apoiador a Adesva (Associação Desportiva e Cultural dos Vales) e a Univates, que oferta toda a estrutura de trabalho e materiais necessários. Além deles, tem como patrocinadores as seguintes empresas: New Tintas (Colinas); Lajeaço (Lajeado); Milkparts (Teutônia); Sabores Alimenos (Teutônia) e Andrea Feine (Lajeado).
 

bravo