Edição 07/04/2020 Edição impressa

Terça-Feira08 de Abril, 2020

“cercas vivas”

CCR aposta em plantas para impedir travessias arriscadas

Quase duas mil mudas serão plantadas em três pontos de Lajeado e Estrela. Construção de novas passarelas estão previstas para próximos anos

Por

CCR aposta em plantas para impedir travessias arriscadas
Pensar O Vale

Nos trechos urbanos da BR-386, é comum ver pedestres atravessando a via sem utilizar as passarelas. A prática aumenta o risco de acidentes e coloca em perigo tanto pedestres como condutores. Somente este ano, foram registrados 16 acidentes envolvendo pedestres, resultado em quatro mortes na rodovia.
No bairro Americano, próximo a um supermercado, a travessia é comum. No local, há uma ponte ligando a rua lateral à rodovia, o que acaba por estimular o pedestre ao equívoco. Uma placa indica: “atravesse na faixa”. Mas não há faixa.
O contrato de concessão da rodovia prevê medidas de segurança voltadas ao pedestre. A CCR Via Sul, empresa que administra a rodovia, efetua o plantio de “cercas vivas” nas proximidades das passarelas, com objetivo de dificultar a travessia pela pista.
Os vegetais serão plantados em três trechos da via. Ao todo, serão quase duas mil mudas da espécie ligustrinho. Em Estrela, os arbustos foram plantados nas proximidades do posto Codorna. Os outros dois pontos ficam em Lajeado. A previsão da concessionária é de que os trabalhos estejam concluídos até o fim da próxima semana.
A colocação de cercas nos locais de maior movimento de pedestres é exigência prevista em contrato. De acordo com a concessionária, as cercas serão instaladas até que as plantas cresçam e depois serão retiradas.
O contrato de concessão da rodovia prevê a instalação de outras cinco passarelas. De acordo com a concessionária, elas serão construídas entre 2021 e 2023.

03_AHORAIluminação precisa melhorar

A criação de barreiras entre as duas pistas da rodovia conta com aprovação da Polícia Rodoviária Federal. Chefe da delegacia da PRF em Lajeado, Paulo Reni da Silva afirma que a corporação vem fazendo diversas sugestões e pedidos de equipamentos de segurança aos usuários em geral.
“Uma das solicitações era a colocação de barreiras para que o pessoal utilize as passarelas e evite passar por baixo. Para nossa alegria, a concessionária está fazendo”, afirma Reni.
Outra recomendação dos policiais rodoviários é a melhora na iluminação nas área urbanas da rodovia. “Temos pedido a iluminação para que o pedestre fique mais visível à noite. É comum, após acidentes, o motorista alegar que não viu o pedestre”, conclui.

MATHEUS CHAPARINI – matheus@jornalahor.inf.br

bravo