Futebol

Fluminense monitora jovem promessa de Estrela

Riantony D’Alessandro dos Santos foi pré-aprovado em seleção feita no Rio de Janeiro

Por

Fluminense monitora jovem promessa de Estrela
Riantony D’Alessandro participou de testes no Fluminense, no Rio de Janeiro. Créditos: Plural Comunicação Integrada
Estrela
Pensar O Vale

O amor pelo futebol está no nome de Riantony D’Alessandro dos Santos, 9. Aluno da Escola de Futebol Estrelas do Futuro, de Estrela, há cerca de cinco anos, ele deu uma passo importante para se destacar no
futebol. De 9 a 16 de fevereiro, esteve no Rio de Janeiro fazendo testes no Centro de Captação do Fluminense. Riantony foi pré-aprovado na seleção.

Conforme o professor Gilberto Gewehr, o “Beto”, que acompanhou o menino ao Rio de Janeiro, agora o foco é muito treino. “Ele ainda é um menino muito novo, tem apenas 9 anos. Então, ficará treinando aqui, mas sendo monitorado pelo Fluminense. Em breve, deve voltar ao Rio para ser reavaliado”, observa.

Além de Riantony, Alysson Diego Menezes Flor, 9, também aluno da Estrelas do Futuro, participou da captação. Ele não foi selecionado, mas Geweh salienta a experiência que os dois garotos tiveram. “A avaliação é muito positiva, tanto para os meninos, como para o projeto. Estamos trabalhando muito para que eles e outros dos nossos meninos tenham novas oportunidades como essa.”

Referência

O treinador destaca a convivência com outros atletas que participaram da captação do Fluminense. Meninos do Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Paraná, São Paulo, Bahia, Piauí e Acre também estiveram no Rio. “Foi experiência bem positiva, eles fizeram novas amizades, viram como outros garotos jogam bola.”

Para Beto, além do trabalho físico, Riantony e os demais alunos do projeto, seguirão sendo estimulados nos quesitos disciplina, respeito, educação e desempenho escolar. “Isso é pré-requisito para fazer parte de um grande time hoje. Que essa experiência que o Riantony está tendo sirva de motivação para todas as crianças e também para que sigam em sintonia com o projeto e a escola.” Assim, futuramente, estarão preparados para ganhar um convite e abraçar uma boa oportunidade”, enfatiza o professor.

bravo