Manutenção da produtividade

“Importante é salvar o maior número de vidas possíveis e também a economia”

Presidente da Dália, Gilberto Piccinini aponta medidas adotadas pela cooperativa para manter a produção e evitar o coronavírus

Por

“Importante é salvar o maior número de vidas possíveis e também a economia”
Foto: Divulgação
Vale do Taquari
Pensar O Vale

Em entrevista concedida o programa A Hora Bom Dia, na manhã desta quarta-feira, 25, o presidente da Dália, Gilberto Piccinini, falou sobre as medidas adotadas pela cooperativa para manter a produção e evitar a disseminação do coronavírus entre os trabalhadores.

Segundo ele, diante de uma situação inédita em nível mundial, a atitude mais adequada é a de seguir as orientações das autoridades e dos especialistas em saúde e infectologia. “Sabe-se que é uma doença de propagação rápida, de um vírus menos agressivos na comparação com outros que dizimaram as comunidades em outros tempos, como a tifo e a gripe espanhola.”

Piccinini afirma que a Dália adotou medidas de prevenção faz pelo menos dez dias, antes da maioria das empresas. Conforme o presidente, as unidades da cooperativa operam dentro da normalidade, mas com quadro reduzido de funcionários e seguindo orientações das autoridades.

Ele afirma que os produtores também estão em plena atividade de safra, no período da colheita, mas alerta para as dificuldades provocadas pela quarentena. “Se quebrar uma máquina, o agricultor não terá como arrumar, porque não há lojas de peças, oficinas e borracharias abertas.”

Ressalta que a seca enfrentada pelo RS já começa a afetar os estados de Santa Catarina e Paraná, mas acaba ficando em segundo plano diante da crise do coronavírus. Diante das discussões sobre a retomada ou não das atividades paralisadas, acredita que o melhor neste momento é manter as medidas de cuidado.

“Se o pico de contaminações vai ocorrer nos próximos dias, devemos aguardar. A economia suporta mais alguns dias nessa situação”, acredita. Para Piccinini, o PIB deste ano já está comprometido, assim como o crescimento da economia mundial, mas o mais importante é salvar o maior número de vidas possíveis e também a economia.

bravo