Coronavírus

John Deere anuncia paralisação de fábricas

Apenas Centro de Distribuição de Peças para América do Sul, atuará em regime de escalonamento

Por

John Deere anuncia paralisação de fábricas
Mathieu Bonaventure
Brasil

A John Deere informou a reorganização de operações no Brasil, com o objetivo de contribuir na contenção da curva de contaminação pelo novo Coronavírus (COVID-19), e visando proteger a saúde dos colaboradores e suas famílias, sem deixar de atender seus clientes nas áreas agrícola e de construção.
A partir desta quarta-feira, dia 25, o Centro de Distribuição de Peças para América do Sul, localizado em Campinas (SP), atuará em regime de escalonamento, com o objetivo de não interromper o apoio ao produtor agrícola neste momento crítico de colheita da safra atual e de garantir disponibilidade de serviços aos clientes do segmento de construção.
“Esta medida se faz necessária uma vez que a produção de alimentos e a infraestrutura são consideradas pelas autoridades como atividades essenciais à população. Medidas necessárias de prevenção, proteção e reforço dos cuidados com a saúde dos colaboradores envolvidos nesta operação já foram implementadas, ressaltou a empresa.

Trabalho interrompido

Também a partir desta quarta-feira serão paralisadas, por período ainda a ser definido, as fábricas de Horizontina (RS), onde se produzem colheitadeiras e plantadeiras, e de Porto Alegre (RS), onde está localizada a unidade produtiva da Ciber, fabricante de equipamentos rodoviários da Wirtgen Group, pertencente à Deere&Co.
Na próxima segunda-feira, 30, a medida de paralisação passa a prevalecer nas demais unidades: fábrica de tratores em Montenegro (RS); fábrica de pulverizadoras PLA em Canoas (RS); fábrica de máquinas de construção em Indaiatuba (SP), incluindo a planta em joint-venture Deere-Hitachi; e fábrica de colhedoras de cana e pulverizadoras em Catalão (GO).
Ainda segundo a empresa, todos os colaboradores localizados na Sede América Latina, em Indaiatuba (SP), como do Banco John Deere e dos Serviços de Suporte ao Cliente, trabalharão normalmente em regime remoto.

bravo