coronavírus

Deputado defende a criação de “Fundo de Guerra” para saúde e economia

Edson Brum acredita ser possível realocar R$ 220 bilhões parao combate ao coronavírus

Por

Por

Deputado defende a criação de “Fundo de Guerra” para saúde e economia
Brasil

O deputado estadual Edson Brum defende a criação de um Fundo de Guerra para auxiliar o país no combate ao coronavírus. A proposta foi detalhada na manhã de hoje, em entrevista ao programa A Hora Bom Dia, da Radio A Hora. Os recursos seriam destinados tanto para ações e investimentos na área da saúde, como para proteger a economia brasileira.

O Fundo de Guerra seria a fusão entre o Fundo Eleitoral e os outros 280 fundos nacionais existentes. Segundo o parlamentar, se somar os valores, o Brasil teria R$ 220 bilhões para combater a pandemia.

Para Brum, alguns fundos podem ser extintos, como por exemplo o Fundo da Telefonia Fixa, que dispõe de R$ 5 milhões a R$ 6 milhões. “Esse dinheiro está parado para quê? Nem telefonia fixa precisa mais de investimento. Quantos anos nós já estamos na telefonia móvel?”, questiona.

O parlamentar afirma que com R$ 20 bilhões é possível equipar hospítais e melhorar as tabelas do Sistema Único de Saúde (SUS). Para o deputado, os R$ 200 bilhões restantes devem ser investidos na indústria e no comércio que enfrentarão dificuldades, no mínimo, pelos próximos três meses. Ele declara ser favorável à suspensão das atividades econômicas.

Redução salarial dos servidores

A bancada do MDB apresentou a proposta de que todos os servidores públicos do país que ganhem acima de R$ 10 mil abram mão de 20% de seus salários. “Se nós doássemos por 3 meses, 20% dos nossos salários nós chegariamos a R$ 20 bilhões”, calcula.

bravo