Pandemia

Município estima 160 possíveis infectados por coronavírus em Lajeado

Número é baseado na quantidade de atendimentos a pessoas que tiveram contato com casos já confirmados e relatos recebidos pela Central de Atendimento

Por

Município estima 160 possíveis infectados por coronavírus em Lajeado
Assunto foi discutido durante a reunião do Grupo de Contingenciamento e Acompanhamento do Coronavírus
Lajeado

A Vigilância Epidemiológica de Lajeado estima que pelo menos 160 pessoas já possam ter sido contaminadas com o coronavírus em Lajeado. Este número, estimado até as 11h de hoje, se baseia em dois dados: na quantidade de atendimentos e orientações feitas pelo setor junto às pessoas que tiveram algum tipo de contato com os casos já confirmados por testes e nos relatos de quadros de síndrome gripal recebidos pela Central de Atendimento 24h.

O assunto foi discutido durante a reunião do Grupo de Contingenciamento e Acompanhamento do Coronavírus – Lajeado. Do grupo de 160 pessoas, a maioria não apresentara sinais ou tem sintomas leves.

“Ao longo dos últimos 10 dias, identificamos um grande grupo de pessoas que foram possivelmente infectadas. Buscamos contatar todos os grupos com os quais elas haviam tido contato e chegamos a 109 pessoas que, neste momento, consideramos infectadas devido a estes contatos. Além destes grupos, a Central de Atendimento 24h mapeou os contatos dos últimos dias. Todas as pessoas foram orientadas a fazer isolamento domiciliar e estão sendo monitoradas periodicamente pelo município”, explica Juliana Demarchi, coordenadora da Vigilância Epidemiológica do município.

Conforme Márcio Mossmann, coordenador do curso de Medicina da Univates, o número de casos suspeitos aumenta todos dias. Na quarta-feira, foram 44 ligações para a Central de Atendimento de pessoas que estão com sintomas que podem ser enquadrados no diagnóstico de covid-19.

Este controle do município é feito de forma paralela aos testes oficiais fornecidos pelo estado. Isso ocorre porque o Estado disponibiliza testes apenas para casos graves internados ou para profissionais de saúde que tenham se contaminado no trabalho.

“Estamos considerando todos estes casos como possíveis infectados, e as orientações que recebem são como se fossem casos confirmados”, afirma o secretário municipal da Saúde, o pneumologista Cláudio Klein.

Pessoas com suspeita de contaminação, podem ligar para a Central de Atendimento 24h do Coronavírus em Lajeado, que funciona junto à Univates. Os telefones são: (51) 99911-3609, (51) 99571-3309 ou 0800-707-0809.

bravo